Entrevista com Boris Derichebourg, Presidente do Grupo DERICHEBOURG Multiservices

Posted on Mai 11, 2020

Boris Derichebourg, Presidente do Grupo DERICHEBOURG Multiservices, olha para a gestão da crise e saúde o empenho e solidariedade dos Trabalhadores.

Como foi a gestão da crise da COVID-19 na DERICHEBOURG Multiservices?
Assim que a epidemia eclodiu na China, tomámos medidas e equipamo-nos para fazer face a uma pandemia. Foi elaborado um plano de continuidade da atividade antes da situação, com procedimentos específicos de forma a serem postos em prática. Assim, em meados de março, implementámos medidas excecionais para combater a crise de saúde, proteger os nossos Colaboradores e tranquilizar os nossos Clientes. Hoje é o momento de reiniciarmos as nossas atividades. Acima de tudo, gostaria de agradecer a todas as Equipas das nossas filiais, os nossos 32 000 Homens e Mulheres, pelo esforço e sacrifícios que fizeram neste contexto muito especial. Estou a pensar, nomeadamente, nos nossos Trabalhadores que trabalharam diariamente em atividades essenciais nestes tempos de incerteza, naqueles que foram forçados a trabalhar a tempo reduzido e, evidentemente, nos Trabalhadores que estão doentes ou cujos familiares estiveram doentes.

Pode explicar-nos como decorrerá este período pós-confinamento da DERICHEBOURG Multiservices junto dos seus Clientes?
Os nosso negócios apoiam os nossos Clientes e por isso, devemos ser, mais do que nunca, verdadeiros Parceiros. Retomaremos as nossas atividades à medida que as instalações dos nossos Clientes forem reabrindo. Temos trabalhado numa série de soluções para oferecer os serviços e instalações mais adequados ao contexto de recuperação. Esta oferta denominada “contactless” combina o nosso know-how e uma reflexão sobre a segurança de todos, permitindo-lhes limitar as zonas de ponto de contacto. É claro que generalizámos os nossos rigorosos protocolos de descontaminação e desinfeção, até agora dedicados ao setor da saúde, mas também desenvolvemos outros serviços. Por exemplo, instalamos câmaras térmicas nas entradas dos edifícios para detetar pessoas com febre. Estamos a trabalhar em controlos “sem contacto” para iluminação ou ar condicionado, evitando assim tocar em interruptores e caixas. E fazemos tele-hospedagens, o que permite às nossas Hospedeiras cumprimentar os visitantes à distância.

Que medidas de proteção foram postas em práticas para os Trabalhadores da DERICHEBOURG Multiservices?
Criamos toda a organização necessária para que todos possam regressar aos seus locais de trabalho com toda a segurança. Para o efeito, as instalações foram equipadas e serão fornecidas soluções hidroalcoólicas e máscaras. Estes são apenas alguns exemplos. Serão tomas numerosas medidas e fornecidos equipamentos para que todos possam desenvolver a sua atividade sem receios. A segurança das nossas Equipas é a nossa principal prioridade.

Que lições foram retiradas desta situação excecional?

Estamos a sair deste período com um novo olhar sobre as nossas atividades e as nossas Empresas, que até agora têm sido pouco valorizadas aos olhos do público em geral. Os nossos Colaboradores tornaram-se agora “exterminadores do vírus”, e com razão. Este período sem precedentes permitiu também reforçar ainda mais a ligação entre as Equipas e ativar a ajuda mútua coletiva. Juntos, assumiremos o desafio da recuperação do negócio para a sustentabilidade da nossa Empresa e dos nossos empregos, preservando a segurança de todos. Tenho a certeza que vamos sair mais fortes desta crise!

 

 

Leave a Reply